banner site2
Lançamento de livros
untitled-1

Interessados em lançar livros no 6º Encontro Regional Sul de História da Mídia devem entrar em contato com a organização pelo e-mail alcarsul2016@gmail.com e apresentar os seguintes dados sobre a obra: informações técnicas (título, autor(es), editora, ano, número de páginas, etc), resumo (até 5 linhas) e imagem da capa.

Lançamentos confirmados:
gadini
coletanea_jornalismo

 A greve dos servidores públicos do Paraná, desde o início de fevereiro de 2015, e em alguns setores da administração (como as universidades estaduais), registrou cerca de 100 dias e envolveu o uso de incontáveis recursos e dispositivos de expressão midiática. A coletânea reúne 13 textos, entre reflexões, análises ou criticas, sobre a cobertura jornalística - nos mais diversos espaços, formatos e suportes técnicos - dos movimentos grevistas dos trabalhadores do serviço público paranaense, que envolveram diretamente centenas de milhares de servidores e, ao mesmo tempo, afetaram o cotidiano de mais de dois milhões de pessoas em todo o Estado. Em formato e-book, a coletânea pode ser baixada gratuitamente no site do Mestrado em Jornalismo UEPG.

Org: Sérgio Luiz Gadini | Editora: Estúdio Texto | Ano: 2015

O livro traz nove artigos com resultados de pesquisa e aspectos conceituais do Jornalismo. A coletânea, em formato e-book, procura oferecer algumas contribuições ao debate teórico e metodológico sobre o Jornalismo. Para isso, apresentam-se dois eixos: o primeiro investe nas metodologias a partir de resultados de pesquisa e o segundo propõe um diálogo entre os conceitos do jornalismo e aspectos das práticas sociais. Em formato e-book, a coletânea também pode ser baixada gratuitamente (em PDF), disponível no site do Mestrado em Jornalismo UEPG

Org: Cintia Xavier, Felipe S. Pontes e Carlos W. J. Morais | Editora: Estúdio Texto | Ano: 2015

O livro oferece as principais implicações da teoria do jornalismo de Adelmo Genro Filho. E, ao oferecer as implicações, os fundamentos e as consequências, sugere possibilidades teóricas para a análise de questões que atravessam o jornalismo brasileiro. Apresenta também a pertinência da análise ontológica e epistemológica para o entendimento do jornalismo e direcionamento de sua prática profissional e de pesquisa. Atenta, principalmente, para a necessidade de abismar a teoria, aprofundar o questionamento sobre a prática e profanar o que se apresenta como intocado, sagrado. Esse é o segredo.

Autor: Felipe Simão Pontes | Editora: Insular | Ano: 2015

capalivrofelipesobreadelmo
capa livro(1)

Massacre 29 de abril é o livro de fotografias que retrata o maior massacre em praça pública já registrado contra os professores do Paraná, na quarta-feira, dia 29 de abril de 2015, no Centro Cívico, em Curitiba. O acontecimento colocou o estado do Paraná nos jornais nacionais e internacionais. As cenas retratadas demonstram o tratamento do Governo do Estado e de sua polícia para com os trabalhadores.

Org: Rafael Schoenherr | Editora: Estúdio Texto | Ano: 2015

O livro se dedica a apresentar e a debater com profundidade os conceitos e relacionamentos intrínsecos entre os processos de Comunicação Organizacional, Marketing Cultural, Responsabilidade Social Corporativa e Reputação Corporativa. A partir de um panorama focado na construção do campo da Comunicação no ambiente organizacional, a autora delineia pontes que interligam as áreas mencionadas. Digite o texto aqui

Autora: Regina Rêgo | Editoras: All Print-SP e EDUFPI | Ano: 2015

fullsizerender
dsc_0015

O texto reconstitui, analisa e interpreta as relações políticas e ideológicas estabelecidas entre empresários de comunicação e o Executivo nacional – na maioria intermediada pelo Palácio Iguaçu – que resultaram em concessões para a implantação e funcionamento de 12 canais e de três redes regionais de TV no Paraná, de 1954 a 1985. A pesquisa utilizou como fontes principais a Folha de Londrina, Gazeta do Povo e O Estado do Paraná. A obra mapeia, avalia e critica aprofundadamente os bastidores da história política das telecomunicações no Paraná, no século XX.

Autor: Osmani Ferreira da Costa | Editora: EDUEL | Ano: 2015 

 

Em sua edição de estreia, o zine MAIDAN foi indicado ao Prix de la BD Alternative 2016 do tradicional festival de quadrinhos do Angoulême (França).  Editado pelo Clube de Humor e HQ Barão de Itararé (Ponta Grossa/PR), o alternativo traz trabalhos de Juscelino Neco, Pryscila Vieira, Pietro Luigi, Roque Sponholz, entre outros. Publicação feita em francês, pode ser baixada gratuitamente na plataforma ISSUU (https://issuu.com/ben-hurd/docs/maidan_digital).

Org: Ben-Hur Demeneck e Erickson Cruz | Editora: Clube de Humor e HQ Barão de Itararé | Ano: 2015

maidan.jpeg